Cloro na Avicultura

Postado em : 15/01/2018
Saúde Animal

A água é essencial para a sobrevivência de qualquer ser vivo e deve ser bem manipulada para que seu consumo seja seguro. Na avicultura industrial não é diferente. A água ideal deve atender parâmetros microbiológicos, químicos e físicos que estão relativamente bem estabelecidos e são verificados na granja, no atendimento da fiscalização dos órgãos competentes, em função de padrões que as próprias empresas estabelecem ou mesmo com base na observação prática dos produtores. A explicação é de Everton Krabbe, Pesquisador da Embrapa Suínos e Aves. "O livre acesso à água de qualidade é condição básica para as Boas Práticas de Produção e Bem-Estar Animal. No entanto, é importante compreender que a água é diferente de granja para granja, dependendo de sua origem (fontes), época do ano, infraestrutura e manipulação", pontua.

Krabbe respondeu a algumas questões sobre o tratamento da água utilizada nos bebedouros de aviários e falou sobre a utilização de cloro no procedimento. Confira:

A utilização de cloro no tratamento de água na avicultura, em especial para pintinhos, é aceitável? Como fazer isto de forma segura?
Krabbe - O cloro é a forma mais econômica de tratamento da água para controle microbiológico. O uso de cloro, obedecendo a dosagem preconizada de 2 a 4 ppm de cloro livre na água (ou a dosagem indicada pelo técnico de campo), é seguro para a ave em qualquer fase de desenvolvimento. Apenas quando são utilizadas vacinas via água de bebida é necessário suspender o uso de cloro, normalmente inicia-se 24 h antes.

Existe algum parâmetro de quantidade que possa ser aplicado?
Krabbe - Apesar da reconhecida eficiência do cloro, é importante compreender que sua eficácia depende da composição da água, como o pH, concentração de sólidos e presença de matéria orgânica. Normalmente a dosagem de cloro livre situa-se entre 2 e 4 ppm. O uso de kits de piscinas (para medir o nível de cloro) é muito comum. Porém é importante lembrar que o cloro na água apresenta duas formas: o ácido hipocloroso e íon hipocloroso. Para que o cloro apresente eficiência satisfatória, é importante que pelo menos 85% do cloro total esteja na forma de ácido hipocloroso. Essa condição é alcançada quando o pH da água estiver próximo de 6,5 ou abaixo. O ideal é conhecer o pH da água e caso esteja acima de 6,5 utilizar acidificantes para posteriormente dosar o cloro e obter a eficiência desejada.

De forma geral, como deve ser a água oferecida as aves dentro de uma granja?
Krabbe - A qualidade da água para avicultura está estabelecida com base na Resolução CONAMA, n. 357/2005. A partir destas normas, o Ministério da Agricultura estabeleceu quais parâmetros e padrões devem ser levados em consideração para a avicultura (Tabela 1).

Tabela 1 - Parâmetros de qualidade de água para a avicultura.

Parâmetro Valor Máx Permitido
Sólidos dissolvidos totais - SDT (mg/L) 500
pH 6,0 - 9,0
Dureza total (mg CaCO3/L) 110
Cloretos (mg Cl/L) 250
Nitratos (mg N/L) 10
Sulfatos (mg SO4/L) 250
Escherichia coli (unid/100 mL) Ausente
Fonte: Mouchrek, E. 2012.

Na Embrapa Suínos e Aves, a qualidade e condicionamento da água é um tema de pesquisa e existe muito para aprimorar em termos de qualidade e forma de disponibilização aos animais. Água limpa é sinônimo de saúde e desempenho.

Fonte: Site Avicultura Industrial

A HidroAll possui toda a tecnologia para a produção e desenvolvimento de produtos para a desinfecção de água e procedimentos para a higienização.

Para a avicultura, o produto Aviclor é a solução ideal! Ele realiza a desinfecção da água garantindo a qualidade, condição básica para as boas práticas de produção e bem-estar animal.

Conheça mais sobre essas e outras aplicações em nosso site:
http://especialidades.hidroall.com.br

Topo